Miguezim de Princesa


14/12/2007


DTE prende 11 traficantes com 500 comprimidos de ecstasy e 2,5 kg de haxixe

Onze traficantes foram presos, na tarde de ontem, em uma pousada da 704 Norte, em Brasília, com 500 comprimidos de ecstasy e 2,5 quilos de haxixe, por agentes da Delegacia de Entorpecentes da Polícia Civil do Distrito Federal. Estão no xilindró os seguintes traficantes: Antonio Renato Gobo Lins Guimarães, 25 anos; Gildásio Ferreira da Silva, 25; Felipe de Bessa Seixas, 24; Fabiano Merino Resende, 28; Fabiano Morais Neves, 28; Marcello Henrique Kreimer Guedes, 25; Carlos Alberto Rivetti Levy, 26; Cleber de Freitas, 28; Gustavo Henrique Kreimer, 24; Igor Rodrigues Maranhão, 27, e Luís Otávio Moreno Pinheiro, 18.

Escrito por mlucenafilho às 11h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Primeira-dama bate em funcionário que a confundiu com amante

EFE


A primeira-dama do Quênia, Lucy Kibaki, agrediu um funcionário do governo que cometeu o erro de chamá-la pelo nome de uma mulher que muitos dizem ser a amante de seu marido, o presidente Mwai Kibaki, informou hoje a imprensa local.

O incidente aconteceu na última quarta-feira, durante as celebrações particulares do Dia da Independência do Quênia, nos jardins da residência presidencial de Nairóbi, na presença de 11 convidados. O secretário-geral do gabinete da Presidência, Francis Musyimi, era o mestre de cerimônias da reunião e apresentou Mwai Kibaki aos convidados.

Em seguida, fez o mesmo com a primeira-dama, anunciando sua presença como Lucy "Wambui" - o sobrenome da "segunda-dama" do presidente queniano. Lucy Kibaki não deixou Musymi terminar a frase: se levantou e o esbofeteou, diante de todos os presentes - membros do gabinete, embaixadores e o convidado de honra, Frederick Kyalo Manthi, diretor do Museu Nacional do Quênia - que ficaram sem reação.

Manthi foi agraciado recentemente por suas descobertas científicas, incluindo uma nova teoria sobre a evolução do homem. Imediatamente, vários agentes de segurança levaram Musyimi para fora do recinto. Francis Muthaura, diretor do Serviço Civil, assumiu a função de mestre de cerimônia e não cometeu erros.

O serviço de segurança confiscou as câmeras dos fotógrafos que registraram o instante em que a primeira-dama bateu em Musyimi. Esta não é a primeira vez que Lucy Kibaki age "energicamente" para castigar publicamente quem, segundo ela, a ofende.

Em 3 de maio de 2005, Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, Lucy invadiu a sede do grupo Nation, uma das organizações midiáticas mais importantes do Quênia, e agrediu um cinegrafista. Em seguida, a primeira-dama passou a madrugada protestando contra as "mentiras da imprensa" acerca de um incidente protagonizado por ela poucos dias antes.

Na ocasião, a mídia queniana deu ampla cobertura ao "escandaloso comportamento" de Lucy. A primeira-dama invadiu uma festa de despedida do representante do Banco Mundial no Quênia reclamando que a música não a deixava dormir.

Lucy desligou a energia e mandou o organizador do evento interromper imediatamente a orquestra que tocava. A imprensa não demorou a veicular algumas críticas contra a primeira-dama, acusada de fazer o Quênia passar por situações ridículas com um comportamento "que não está à altura de seu cargo".

A "explosão" de Lucy Kibaki nesta semana provavelmente prejudicará a campanha eleitoral de seu marido, que concorre à reeleição no próximo dia 27. As pesquisas de opinião indicam que Mwai Kibaki está atrás de seu principal rival, Raila Odinga.

Escrito por mlucenafilho às 11h24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

UM POEMA DE RONALDO:

QUEM SOU EU

 

Sou platéia e personagem,

sou multidão, sou sozinho,

sou bloqueio, sou caminho,

sou matéria, sou miragem.

 

Sou passamento, sou vida,

 sou cisma, sou acalanto,

sou regozijo, sou pranto,

sou chegada, sou partida.

 

Sou abandono, sou ninho,

sou desamor, sou amante,

sou eterno, sou instante,

sou desconforto e carinho.

 

Sou amparo e abandono,

sou revide, sou perdão,

sou inverno, sou verão,

sou primavera e outono.

 

Sou fome, sou mesa e pão,

sou adulto, sou criança,

sou descrença e esperança,

sou pai, sou filho e irmão.

 

Sou discórdia, sou estima,

sou a curva, sou a reta,

sou, simplesmente, poeta,

sou Ronaldo Cunha Lima.

 

 

Abraços fraternos,

 

 

                                                     Ronaldo   Cunha   Lima

Escrito por mlucenafilho às 10h51
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Edital sai semana que vem

A longa espera pelo concurso da Polícia Civil do Distrito Federal está perto do fim. O diretor da corporação, Cléber Monteiro, anunciou ontem que o edital deve ser publicado na próxima semana. A Fundação Universa foi escolhida para organizar o certame. As inscrições devem começar ainda em dezembro. De acordo com portaria divulgada em novembro deste ano, o DF tem autorização para contratar 185 profissionais. Porém, a previsão é de que o edital ofereça 121 postos. Serão 11 vagas para perito criminal, 11 para médico-legista, 63 para escrivão e 36 para papiloscopista. Os inscritos serão submetidos a oito etapas: prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos, prova de redação e/ou discursiva, exames biométricos e avaliação médica, prova de capacidade física, avaliação psicológica, prova de títulos, sindicância da vida pregressa e curso de formação. Candidatos às vagas de escrivão também terão que enfrentar uma prova prática de digitação. Apenas a avaliação de título não terá caráter eliminatório.

Escrito por mlucenafilho às 08h42
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

13/12/2007


Polícia Legislativa não teria sido usada para investigar senador



A Polícia do Senado Federal concluiu, após a realização de inquérito instaurado para investigar denúncia publicada pela revista Veja do dia 5 de dezembro, que não houve uso da estrutura do órgão para investigar qualquer senador da República. De acordo com a reportagem da revista, a Central Única Federal dos Detetives do Brasil, com escritório em Brasília, teria sido acionada pela Polícia do Senado para levantar informações financeiras sobre o senador Marconi Perillo (PSDB-GO).

De acordo com a nota, lida em Plenário na noite desta terça-feira pelo presidente interino Tião Viana (PT-AC), investigação da Polícia Civil de Goiás, feita a pedido do senador Perillo, descartou a participação da Polícia do Senado na suposta "arapongagem". Além disso, prossegue o informe, os próprios detetives particulares citados pela revista teriam negado ter sido procurados por qualquer integrante da
instituição.

A Polícia diz ainda que "houve a utilização espúria da imagem da Polícia do Senado para a consecução de interesses que devem ser melhor
investigados", e solicita o prosseguimento da apuração por parte dos órgãos competentes para que se apure "quem auferiu, de forma
indecorosa, ganhos com a referida reportagem".

A instauração do inquérito dentro da própria Polícia Legislativa foi determinada pelo presidente interino, que solicitou o encaminhamento
de suas conclusões ao Ministério da Justiça. O inquérito será encaminhado ao Judiciário nesta quarta, de acordo com a própria nota.
O corregedor do Senado, Romeu Tuma (PTB-SP), informou que repassará as informações à Polícia Federal.

Marconi Perillo chegou a solicitar que a denúncia fosse incluída em uma das representações por quebra de decoro parlamentar contra o
senador Renan Calheiros (PMDB-AL), a que apurava a suspeita de que o então presidente do Senado teria utilizado um funcionário da Casa
justamente para levantar informações a respeito do próprio Perillo e do senador Demóstenes Torres (DEM-GO).

A representação, no entanto, foi arquivada por determinação do presidente do Conselho de Ética, Leomar Quintanilha (PMDB-TO), após a
absolvição em Plenário do senador Renan em um outro processo, o que apurava a denúncia de utilização de terceiros na aquisição de veículos
de comunicação em Alagoas.

Escrito por mlucenafilho às 15h52
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Prevista uma guerra Venezuela x Colômbia
Mentor da doutrina brasileira de Guerra na Selva e um dos maiores
especialistas em Amazônia, o coronel Gelio Fregapani – gaúcho como o
ministro Nelson Jobim Defesa), que o demitiu da Abin – acredita numa
futura guerra entre Venezuela e Colômbia, que, apoiada pelos Estados
Unidos, vencerá, extinguindo a barreira venezuelana para criação de
uma nação indígena. Demonizando a Venezuela, os Estados Unidos
forçariam a entrada do Brasil no conflito. Deveríamos ficar neutros,
aconselha Fregapani. Ontem, curiosamente, o aprendiz de ditador Hugo
Chávez ameaçou cortar relações comerciais com a Colômbia.

Coluna Cláudio Humberto

Escrito por mlucenafilho às 15h50
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Olívio Dutra e João Paulo apoiam Jilmar Tatto

Olívio Dutra e João Paulo, dentre outras lideranças da Mensagem ao Partido, declaram voto em Jilmar Tatto no segundo turno do PED - eleição direta para escolha dos novos dirigentes do Partido dos Trabalhadores (PT).

Escrito por mlucenafilho às 15h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

 
Ex-gordinha posa nua e poderosa
 
Ex-gordinha na adolescência, quando precisou engordar 8 quilos para atuar em 'Malhação', Juliana Knust esbanja sensualidade e mostra que encontrou sua melhor forma na 'Playboy'.
 

Escrito por mlucenafilho às 15h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

CPMF: Mantega anunciará medidas na semana que vem

Agencia Estado
O ministro da Fazenda, Guido Mantega, informou hoje que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva o incumbiu de anunciar na semana que vem as medidas que vão assegurar que as condições favoráveis da economia não sejam afetadas com a rejeição da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) pelo Senado. Ele disse que as medidas vão "minimizar" os prejuízos para os investimentos públicos e os programas sociais.

O ministro iniciou sua entrevista coletiva agradecendo a todos que se empenharam para aprovar a prorrogação da CPMF, especialmente ao ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, e ao relator da matéria, na Câmara, deputado Antonio Palocci (PT-SP), que, segundo Mantega, continuou ajudando nas articulações políticas.

Agradeceu também ao ministro da Saúde, José Temporão, aos secretários de Saúde dos Estados que estiveram em Brasília pressionando os senadores, aos 45 senadores que votaram a favor da prorrogação da CPMF e aos líderes do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR) e no Congresso, Roseana Sarney (PMDB-MA). Mantega destacou que desde o início o governo tentou uma solução negociada. Disse que até último momento o governo tentou contemplar todos os interesses e foi ao seu limite quando colocou todos os recursos da CPMF para a saúde.

Escrito por mlucenafilho às 15h25
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

12/12/2007


Protesto corintiano
 
Um grupo de 20 corintianos protesta, neste momento (12h50), na rampa do Congresso Nacional, exigindo a instalação de CPI para investigar corrupção no Corinthians. O mais gozado é que os motoristas passam e gritam "segunda divisão!".

Escrito por mlucenafilho às 12h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

 

Avaliação positiva de Lula sobe para 51%

O número de brasileiros que consideram o governo federal ótimo ou bom aumentou três pontos percentuais no último trimestre do ano, e subiu de 48% em setembro para 51% em dezembro. A informação é da pesquisa CNI-Ibope, divulgada no dia 12 de dezembro pela CNI - Conferação Nacional da Indústria.

Escrito por mlucenafilho às 11h56
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

 
Protesto contra uso de peles
Modelo Natasja Vermeer é fotografada nua, coberta por faixa em que se lê "Mereça suas asas, abandone as peles", para campanha contra uso de peles de animais na moda; veja o anúncio de Eva Mendes.

Escrito por mlucenafilho às 11h54
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Bernadino é condenado a 65 anos de prisão

O juiz do Tribunal do Júri de Brasília, João Egmont, tornou pública a sentença que condenou o ex-caseiro Bernadino do Espírito Santo, 33 anos, e a ex-empregada doméstica, Adriana de Jesus dos Santos, 24 anos, pela morte da estudante Maria Cláudia Del´Isola. O julgamento durou mais de 30 horas. Os jurados consideraram Bernadino culpado pelos crimes de estupro, atentado violento ao pudor, homicídio triplamente qualificado, roubo qualificado e ocultação de cadáver. O ex-caseiro foi condenado a 65 anos de reclusão em regime fechado, sem direito a recorrer em liberdade. Já Adriana pegará 58 anos de prisão por homicídio triplamente qualificado, atentado violento ao pudor, estupro e ocultação de cadáver.

O juiz João Egmont iniciou a leitura da sentença por volta das 0h25. Muito abatida a mãe de Maria Cláudia, a professora Cristina Maria Siqueira Del´Isola não se sentiu bem durante a leitura e preferiu se sentar. Já o pai da jovem, Marco Antônio Del´Isola e a filha, Maria Fernanda Del´ Isola acompanham a sentença do juiz em pé, mas de cabeça baixa. Instantes depois de Egmont tornar pública a condenação dos ex-empregados, as pessoas que estavam no plenário rezaram um Pai Nosso de mãos dadas. O julgamento foi ainda finalizado com uma forte salva de palmas. 

 Os jurados consideraram Bernadino culpado pelos crimes de estupro, atentado violento ao pudor, homicídio triplamente qualificado, roubo qualificado e ocultação de cadáver. O ex-caseiro foi condenado a 65 anos de reclusão em regime fechado, sem direito a recorrer em liberdade. Já Adriana pegará 58 anos de prisão por homicídio triplamente qualificado, atentado violento ao pudor, estupro e ocultação de cadáver.

O juiz João Egmont iniciou a leitura da sentença por volta das 0h25. Muito abatida a mãe de Maria Cláudia, a professora Cristina Maria Siqueira Del´Isola não se sentiu bem durante a leitura e preferiu se sentar. Já o pai da jovem, Marco Antônio Del´Isola e a filha, Maria Fernanda Del´ Isola acompanham a sentença do juiz em pé, mas de cabeça baixa. Instantes depois de Egmont tornar pública a condenação dos ex-empregados, as pessoas que estavam no plenário rezaram um Pai Nosso de mãos dadas. O julgamento foi ainda finalizado com uma forte salva de palmas. (Com Correioweb).

Escrito por mlucenafilho às 08h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Universidades são credenciadas para cursos de segurança

Conjur

Sessenta e cinco universidades do país foram credenciados nesta terça-feira (11/12) junto à Rede Nacional de Altos Estudos em Segurança Pública (Renaesp). A expansão da Rede — que hoje conta com 22 universidades – faz parte do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). A meta é capacitar e qualificar mais de cinco mil policiais. Das 65 instituições que serão credenciadas, 50 serão contratadas até o próximo dia 31 de dezembro. As outras 15 terão o convênio firmado em 2008.

Em funcionamento desde o final do ano passado, a Renaesp atende 1,6 mil policiais militares, civis, bombeiros e guardas municipais. Fazem parte da Rede universidades federais, estaduais e privadas.

A Renaesp é composta por cursos de pós-graduação lato sensu (especialização) em Segurança Pública. As aulas abordam temas como ética, direitos humanos, sociologia e técnica policial.

Escrito por mlucenafilho às 08h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Polícia prende capitão reformado da Marinha acusado de estelionato

Extra Online
Tais Mendes


RIO - O capitão de fragata reformado José Maria da Fonseca foi preso por estelionato e formação de quadrilha, na noite de segunda-feira, em Copacabana. O acusado já vinha sendo monitorado por policiais da 13ª DP (Copacabana), dentro da operação Copacabana Segura. Conhecido como Capitão Gancho, José Maria foi preso com documentos falsos - carteira de identidade da OAB, CPF e certidão de casamento - e estava prestes a conseguir a abertura de uma conta bancária e um empréstimo no valor de R$ 21 mil, mas foi impedido com a intervenção dos policiais da Divisão de Inteligência e Monitoramento (DIM) da 13 DP (Copacabana).

Com o acusado foram apreendidos inúmeros cheques em nome de terceiros, alguns em branco e outros com devolução pelas instituições financeiras. Segundo o delegado titular, André Drumond, a prisão do acusado é o início da desarticulação de uma das quadrilhas mais bem montadas de adulteração de documentos, abertura de contas correntes, empréstimos e aberturas de empresas no Rio, com a participação de funcionários do alto escalão de instituições financeiras, além de outros integrantes, estelionatários e falsários, num total de pelo menos oito pessoas envolvidas.

Escrito por mlucenafilho às 08h11
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Estelionatário do Golpe do Bode foi preso

A Notícia Digital
Ediney Menezes


Mário Vitor de Oliveira (42) foi preso acusado de estelionato. Utilizando teatro emocional declarava as suas vitimas que se tratava de um cidadão humilde e tinha sua mãe doente em outro estado e precisava vê-la.

Lágrimas e lamentações faziam parte de sua peça teatral. Mário convencia as suas vitimas a comprar bode, carneiro, galinha, ovos caipira e outros objetos. Os pagamentos eram efetuados de forma antecipados. "Tipo: vou ajudar esse coitado" e o bode nunca era visto ou entregue aos seus clientes.

O suspeito se apoderava da grana em torno de R$ 100,00 R$ 90.00 e R$ 50.00 e saia voado.

Só que uma das vitimas desconfiou e ligou para PM que ao questionar o suspeito, ele abriu o jogo e disse que se tratava do golpe do Bode. Mario foi algemado e conduzido à delegacia de Policial Civil onde foi reconhecido por mais vitimas.

Hoje o vendedor de bode está na cadeia pública de Peixoto e o bode nunca foi visto pelas vítimas.


Escrito por mlucenafilho às 08h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Polícia alerta para golpes através de torpedos de celular

MidiaMax
Alessandra Carvalho


O novo “Golpe de Torpedo Premiado” através do serviço de mensagens para celular (SMS, ou popularmente conhecido como Torpedo) já foi constatado pela polícia. O estelionatário manda uma mensagem de celular para a vítima através de um 0800. Ele mente ser de uma empresa conhecida e ainda diz que através de um sorteio a pessoa foi premiada com um carro zero quilômetro. A vítima acaba fazendo desde depósitos para a liberação, até a compra de cartões para celular pré-pago. A polícia não informa quantas pessoas já foram vítimas dos golpistas, mas chama a atenção para que as pessoas tenham cuidado com as mensagens que recebem pelo celular.

Alerta

Para evitar este tipo de golpe, não deve informar nenhum dado pessoal pelo telefone. Outro alerta é não ligar de volta, não responder a mensagem e muito menos fornecer qualquer tipo de informação, pois poderá ser usada para outros tipos de crime, como por exemplo, extorsão por telefone. As pessoas têm que ficar alerta principalmente porque muitas delas sequer fizeram inscrição em promoção ou preencheram cupons de prêmios. (Com informações do Capital do Pantanal)



Escrito por mlucenafilho às 08h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

11/12/2007


"Apenas uma pancada de enxada"

Defensor de Bernardino tenta desqualificar crime

Por quase duas horas, o advogado de defesa de Bernardino do Espírito Santo, 33 anos, tentou retirar as qualificadoras de homicídio e atentado violento ao pudor, que pesam sobre o acusado. O defensor público André Ávila alegou que apenas uma pancada de enxada “cortante e contundente” teria matado a vítima.

Escrito por mlucenafilho às 21h18
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Ladrões invadem delegacia e assaltam agente

JC Online

Um policial civil, que terá o nome preservado, foi assaltado dentro da Delegacia de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife (RMR), ontem à noite. No momento do crime, por volta das 21h30, ele estava sozinho no local, tomando conta do prédio. O assalto foi cometido por dois homens armados, que chegaram em uma moto. Por dez minutos, eles permaneceram na delegacia ameaçando o agente que, segundo informações, implorou e chorou pedindo para não ser assassinado. Os bandidos fugiram levando celular, carteira e o revólver do policial. 

“Isso é uma desmoralização. Só acontece na polícia de Pernambuco. Um local que deveria ser temido pelos bandidos é invadido da forma mais cínica e um profissional da lei é assaltado e desmoralizado em seu ambiente de trabalho. Estamos perdidos, não há mais o que fazer”, desabafou um policial civil, que preferiu não se identificar. 

O Jornal do Commercio tentou entrar em contato com o agente assaltado, mas ele não foi localizado na delegacia. Alguns policiais civis que souberam do assalto e foram posteriormente ao local afirmaram que “o agente tinha saído para jantar, mas que estava tudo bem, sem problemas”, tentando disfarçar o visível mal-estar ocasionado pelo fato. 

Ainda de acordo com testemunhas, durante todo o tempo em que permaneceram na delegacia os assaltantes soltaram piadinhas com o policial, dizendo o tempo todo que iriam matá-lo dentro do local de trabalho. Foi nesse instante que o agente chorou e pediu para não ser assassinado, dizendo que tinha família e não podia morrer. A informação inicial é que ontem não era plantão da vítima, mas ele teria ido trabalhar a pedido de um amigo. 

Essa não é a primeira vez que policiais são alvo da ação de bandidos em seus locais de trabalho. Em abril, um trailer da Polícia Militar foi assaltado, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, por quatro homens armados que levaram armas, munições e deixaram o único PM que estava no local de cueca, levando também sua farda. 

No início de setembro, em Belém de São Francisco, Sertão do Estado, homens armados assaltaram outro trailer da Polícia Militar, às margens da BR-316. Na ocasião, os criminosos roubaram um fuzil, seis revólveres, coletes à prova de bala e assassinaram a tiros o soldado Cícero José Xavier Guimarães, 39.

Escrito por mlucenafilho às 21h16
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

 
Sabrina, misto de Gretchen e Demi Moore
 
A morena arrasou na imitação de Gretchen, mas ficou mesmo parecida com a atriz americana Demi Moore.

Escrito por mlucenafilho às 13h35
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

 
Sabrina, a perigosa
 
A apresentadora do 'Pânico' Sabrina Sato quase deixa escapulir o seio pelo decote da blusa que usou em premiação em SP (10/12/2007); veja a 'japa' imitando a Gretchen.

Escrito por mlucenafilho às 13h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Rodoviários voltam a protestar no Terminal da França

Haroldo Abrantes / Agência A Tarde

Passageiros descem dos ônibus e caminham entre veículos

Nelson Luis, do A Tarde On Line*

Os rodoviários realizaram na manhã desta terça-feira, 11, mais um ato de protesto contra a violência que vitimou dois motoristas, no último sábado, em Salvador, Bahia. Os coletivos ficaram parados ao longo do Terminal da França, no bairro do Comércio, por volta das 8 até as 10h30. A categoria pede por mais segurança nos transportes da cidade.

O ato deixou o trânsito lento em todas as vias que levam ao Terminal da França. O tráfego ficou congestionado na região da Cidade Baixa, com reflexos na Avenida Suburbana, Avenida Bonocô, Largo de Roma, Largo do Tanque e entre outras.

De acordo com o Sindicato dos Rodoviários da Bahia, a categoria promete continuar com a paralisação na fim da tarde de quinta-feira, 13. A manifestação está programada para ocorrer na Estação Pirajá, local de grande movimento.

Na segunda-feira, 10, a paralisação começou, às 16h, desde o Dique do Tororó até a Estação da Lapa. Centenas de passageiros tiveram que andar entre as filas de ônibus para chegar ao destino. Os manifestantes também pararam a faixa exclusiva de ônibus das avenidas Vasco da Gama e Centenário.

Os motoristas da empresa 2 de Julho, José Washington Vasconcelos Alves, de 35 anos, e Edson da Silva Cerqueira, 42 anos, da Central, foram baleados após um assalto e uma tentativa de homicídio, respectivamente, no sábado, 8.

Washington levou um tiro no pescoço por um assaltante quando trafegava em Lauro de Freitas, na localidade próxima a Portão. Ele foi socorrido e encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE).

Já Edson foi atingido na barriga, no bairro do Marback. As investigações apontam, que a vítima, ainda internada na UTI do HGE, sofreu uma tentativa de homicídio praticada por um policial não-identificado.

*Com informações de Adílson Fonseca, do A Tarde

Escrito por mlucenafilho às 13h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Caso Maria Cláudia:Defesa e acusação falam no Tribunal do Júri

Mariana Branco
Do CorreioWeb

11/12/2007
12h33
-Terminou, no início da tarde desta terça-feira, os depoimentos dos acusados de matar a estudante universitária Maria Cláudia Del´Isola. Agora acontece a sustentação oral da promotoria e da defesa dos réus. O promotor Maurício Miranda é o primeiro a falar e terá quatro horas para apresentar sua argumentação. Depois, os advogados de defesa terão duas horas cada para falar a favor dos réus.

Em seguida, promotoria e defensoria pública terão ainda o tempo de réplica e tréplica. Como depois da argumentação os jurados ainda têm que se reunir para dar o veredicto, a previsão é de que a sentença de Adriana de Jesus, 24 anos, e Bernardino do Espírito Santo, 33, saia no início da madrugada desta quarta-feira.

Nesta manhã, o Tribunal do Júri ouviu duas testemunhas de acusação e uma de defesa de Bernardino, o caseiro da residência vizinha à casa dos Del Isola no Lago Sul. O depoimento do empregado foi rápido. Ele disse que o ex-caseiro era um bom funcionário e que nunca elogiou a beleza física de Maria Claudia. As duas testemunhas de acusação foram o chefe de investigações da 10ª DP (Lago Sul) na época do crime, Ricardo Ferraz, e uma amiga da estudante assassinada.

O promotor Mauricio Miranda começou sua argumentação enfatizando o bom relacionamento da família com os empregados e a ingratidão dos acusados. Ele afirmou ainda que se Bernardino quisesse apenas o dinheiro, teve muitas oportunidades de roubá-lo, “sem encostar um dedo em Maria Cláudia”.

Escrito por mlucenafilho às 13h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Tião Viana diz que manterá votação da CPMF na pauta do Senado hoje

Da FolhaNews

11/12/2007
11h24
-O presidente interino do Senado, Tião Viana (PT-AC), disse que vai manter a votação nesta terça-feira da proposta que prorroga a CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) até 2011. O petista admitiu, porém, que a base aliada poderá usar instrumentos previstos no regimento da Casa para adiar a votação – embora não esteja disposto a apoiar a manobra do governo. “Eu manteria a matéria em plenário para ser votada. Se houver um recurso regimental de impedir a votação, por redução de quórum, este será um recurso previsto no regimento e não aceitação minha”.

Viana disse que os partidos haviam firmado acordo para votar na tarde de hoje a CPMF. Por isso, defendeu a manutenção da discussão da proposta. “A Casa precisa de estabilidade, precisa ter muita firmeza naquilo que é pactuado entre as partes”. O senador disse que a Casa viverá um "longo dia" até que as negociações para a votação da CPMF sejam concluídas. Viana mais uma vez saiu em defesa da prorrogação do "imposto do cheque" e disse que "não parece normal" que o governo não consiga manter o tributo. “Se a CPMF não for prorrogada, quem vai perder é a população, a estrutura de saúde do país. Eu acho que a discussão do fim de qualquer imposto é aceitável neste país, menos o da CPMF neste momento”.

Escrito por mlucenafilho às 13h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

TRE cassa Cássio de novo

 

 

 

No seu voto, o desembargador acolheu as razões do MPE para a cassação do mandato do governador

 

 

 

Com o voto de desempate proferido pelo desembargador-presidente Jorge Ribeiro da Nóbrega, por 4 a 3 o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) decidiu na tarde desta segunda-feira (10), pela segunda vez, julgar procedente representação do Ministério Público Eleitoral (MPE) para cassar o diploma do governador Cássio Cunha Lima (PSDB).

 

A decisão, referente ao processo do Caso A União, penaliza também o vice-governador José Lacerda Neto (Dem) com a cassação do diploma. Acrescenta multa de R$ 100 mil para o governador e o segundo representado, o superintendente de A União, Itamar Cândido, bem como declara a inelegibilidade dos dois por 3 anos.

 

 

No seu voto, o desembargador acolheu as razões do Ministério Público Eleitoral para a cassação do mandato do governador, nos termos da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) nº 251, ajuizada em 30 de setembro de 2006 contra Cássio e o superintendente do jornal A União, Itamar Cândido.

 

Jorge Ribeiro da Nóbrega argumentou que tanto a Constituição Federal como a Lei que regula as eleições amarram a publicidade institucional ao princípio da impessoalidade, que deve reger os atos da administração pública, em especial durante o processo eleitoral.

 

Mas, ao contrário do que mandam a Constituição e a legislação infra-constitucional, ressaltou, o que se viu foram sucessivas edições de A União, de janeiro a julho de 2006, exaltando a figura de Cássio Cunha Lima. 

 

Concluiu, em razão dos fatos e das provas carreadas para os autos, que o jornal foi inequivocamente utilizado para promover o governador em pleno ano eleitoral. Isso, vindo de um jornal sustentado por recursos públicos, é gravíssimo, no entendimento do desembargador.

 

Além daquelas edições, o presidente do TRE lembrou que A União publicou edições extras entre o primeiro e segundo turno da eleição de 2006 para favorecer o governador, inclusive uma anunciando na capa: "Cássio sai na frente". 

 

Referiu-se ainda à edição extra no dia da eleição em segundo turno, quando o jornal do Estado publicou pesquisa de intenção de votos amplamente favorável ao governador, edição largamente distribuída feito panfleto ou santinho de campanha nas seções eleitorais.

 

Segundo o desembargador, ficaram caracterizados o abuso do poder e a conduta vedada por parte do representado e, citando o jurista Celso Bandeira de Mello, lembrou que os agentes administrativos não são donos da coisa pública, mas gestores dos interesses da sociedade

 

Na abertura da sessão, o corregedor regional eleitoral e relator do processo, juiz Carlos Eduardo Lisboa, pediu para complementar o voto e lembrou que se no caso da Fundação de Ação Comunitária (Fac) o TRE reconheceu a potencialidade da conduta do governador para desequilibrar as condições de disputa na eleição, não deveria ser diferente quanto à distribuição do jornal A União no ano eleitoral.

 

“A eleição é uma só”, afirmou Carlos Eduardo. Nessa linha, somando-se os fatos apurados no processo da Fac (Aije nº 215) àqueles encontrados na Aije sobre A União, aumenta exponencialmente a potencialidade lesiva da conduta investigada para desequilibrar a concorrência pelo cargo de governador em favor de Cássio

Escrito por mlucenafilho às 12h09
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

10/12/2007


Genoino quer regular atividade de detetives particulares

O deputado José Genoino (PT-SP) apresentou na última semana o projetode lei nº 2542/07 que regula a atividade de inteligência privada,
desempenhada por pessoas e empresas. O projeto considera como atividade de inteligência privada investigações, pesquisas, coleta de
dados e disseminação de informações sob encomenda. De acordo com o parlamentar, esse tipo de atividade vem se desenvolvendo de forma
crescente no Brasil e no mundo, mas de maneira descontrolada.

Genoino explica que o segmento opera, em sua maioria, de maneira informal no país em função da ausência de qualquer regulamentação
normativa. "Esse projeto pretende regular uma atividade que é exercida sem nenhum critério. Esse tipo de atividade pode afetar tanto o
direito do cidadão, quanto do Estado. Hoje, os chamados detetives particulares trabalham no chamado vale tudo", ressaltou.

Se o projeto for aprovado, todos os agentes que prestam esse tipo de serviço terão que ser cadastrados e precisarão de autorização para
desenvolver investigações. O projeto prevê ainda que a atividade de inteligência privada seja controlada pela Agência Brasileira de
Inteligência (Abin). Caberá ao órgão exigir dos profissionais do setor profissionalização específica, com prévia aprovação de seus
praticantes em curso de formação e de capacitação, também gerenciados pela Abin.

Escrito por mlucenafilho às 09h50
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]
 

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Centro-Oeste, BRASILIA, ASA SUL, Homem, de 46 a 55 anos

Histórico